21 de julho de 2015

Conheça mais detalhes da adaptação teatral musical de Ouke no Monshou


Foi inaugurado o site para a divulgação da adaptação teatral musical do mangá Ouke no Monshou, da autora Chieko Hosokawa.
O compositor húngaro Sylvester Levay, que fez os musicais Elizabeth, Marie Antoinette, irá compor as músicas, enquanto Kouichi Ogita, veterano do companhia de teatro Takarazuka Revue, vai dirigir o musical.

O site também revelou o elenco do musical, que inclui Kenji Urai como Memphis (Death Note the musical) e Sae Miyazawa, integrante do grupo SNH48 / SKE48 ao lado Seiko Niizuma em cast duplo como a heroína Carol.



Segue o elenco completo abaixo:

Kenji Urai como Memphis, o jovem faraó do Egito
Seiko Niizuma e Sae Miyazawa (double cast) como Carol, uma estudante de arqueologia americana no Egito Antigo
Mamoru Miyano e Genki Hirakata (double cast) como Ismir, príncipe herdeiro dos hititas
Kanata Irei como Ryan, irmão de Carol
Megumi Hamada como Isis, Alta Sacerdotisa do Egito e meia-irmã de Memphis
Yuichiro Yamaguchi como Imhotep, o primeiro-ministro do Egito

Tanto Urai e Niizuma já participaram de musicais compostos por Levay. Urai foi anteriormente o príncipe herdeiro Rudolph no musical Elizabeth em uma produção de 2006 e Niizuma atuou no musical Margrid Arnaud em Marie Antoinette, também em 2006.


A história do mangá original gira em torno de Carol, uma estudante de arqueologia em uma viagem de estudo no Egito. Quando uma equipe de escavação desenterra o túmulo de um faraó egípcio, ela é amaldiçoada para voltar no tempo 3000 anos ao Antigo Egito, onde conhece o faraó cruel e carismático, Memphis, e se apaixona por ele. Devido ao conhecimento de Carol da história, ela é capaz de ajudar o Egipto a prosperar, e torna-se elogiada e chama a Filha do Nilo. Mas muitos estão com inveja de sua posição ou a querem tê-la para si mesmos, e ela torna-se envolvida nas tramas e conspirações do mundo antigo.

Ouke no Monshou é publicado na revista Princess desde 1976 e foram lançados dia 16 de julho o seu volume 60 do mangá e também a versão eletrônica dos volumes 1 a 25.

Fonte: Comic Natalie e ANN

Nenhum comentário:

Postar um comentário