16 de março de 2017

Anime de 'Kujira no Kora wa Sajou ni Utau' ganha PV e outras novidades

http://www.shoujolovers.com/2017/03/anime-de-kujira-no-kora-wa-sajou-ni.html

O mangá shoujo de Abi Umeda 'Kujira no Kora wa Sajou ni Utau' teve anunciada uma adaptação para Anime, na edição de fevereiro da  Mistery Bonita. Hoje, o site oficial da adaptação de anime para televisão revelou várias novidades da adaptação: vídeo teaser promocional, visual do anime, equipe principal e estréia. Confira o belíssimo vídeo:


Já pode concorrer a vaga de melhor adaptação de mangá shoujo em anime do ano, sim ou claro?! Apenas o esperado de uma Staff maravilhosa.

Estúdio:  J.C.Staff 
Diretor: Kyōhei Ishiguro (Shigatsu wa Kimi no Uso, Ocultic;Nine) 
Roteiro: Michiko Yokote (Watashi ga Motete Dousunda, ReLIFE) 
Design de Personagens: Haruko Iizuka (Inu x Boku SS, Little Busters!) 
Música: Hiroaki Tsutsumi (Ao Haru Ride, Orange)

Um pôster da animação também foi revelado. Ficou a coisa mais linda. O anime estreia em outubro. 



Umeda lançou a série na revista Mystery Bonita em 2013, como seu segundo mangá shoujo. A Akita Shoten liberou o nono volume compilado hoje, em 16 de março. No ano passado, a séria ganhou adaptação para o teatro, com exibição da peça no AiiA 2.5 Theater Tokyo de 14 a 19 de abril (Confira mais detalhes AQUI). O mangá ainda esteve presente no ranking do 'Kono mangá ga sugoi' de 2015 (clique AQUI para ver o ranking).


Sinopse: Chakuro é um jovem de 15 anos arquivista de Doro kujira, uma ilha quase utópica que flutua sobre a superfície de um mar infinito de areia. Nove em cada dez dos habitantes da Doro kujira foram abençoados e amaldiçoados com a capacidade de usar saimia, poderes especiais que os condenaria a uma morte precoce.
Chakuro e seus amigos tem topado com outras ilhas, mas eles nunca se encontraram, visto ou ouvido falar de um ser humano que não era da sua própria ilha. Um dia Chakuro visita uma ilha tão grande como o Doro kujira e conhece uma garota que vai mudar o seu destino.

Fonte: ShoujoLovers, AnimeNewsNetwork

Nenhum comentário:

Postar um comentário