21 de abril de 2017

Mangá Haikara-san ga Tooru ganha musical por Takarazuka Revue


A trupe de teatro só para mulheres Takarazuka Revue, anunciou que a Troupe de Flores do grupo realizará uma adaptação musical do Haikara-san ga Toru de Waki Yamato.
O musical será exibido no Teatro Umeda Arts de Osaka, de 7 a 15 de outubro e depois no Nippon Seinenkan Hall de Tóquio, de 24 a 30 de outubro. Rei Yuzuka vai estrelar a produção e Naoko Koyanagi está escrevendo e dirigindo a peça. Os ingressos para a performance de Osaka estão à venda em 27 de agosto e para o show de Tóquio em 17 de setembro.


A história do mangá está ambientada em Tóquio na era Taishō (1912-1926). A história segue Benio "Haikara-san" Hanamura, que perdeu sua mãe quando ela era muito jovem e foi criada por seu pai, um oficial de alto escalão no exército japonês. Como resultado, ela cresceu uma moleca - ao contrário das noções japonesas tradicionais de feminilidade, ela estuda kendo, bebe saquê, se veste em formas ocidentais, muitas vezes de aparência estranha, em vez do tradicional quimono e não está tão interessada no trabalho doméstico como está na literatura. Ela também rejeita a ideia de casamentos arranjados e acredita no direito de uma mulher a uma carreira e se casar por amor.
Os melhores amigos de Haikara-san são a bela Tamaki, que é muito mais feminina do que Haikara-san, mas igualmente interessada nos direitos das mulheres e Ranmaru, um jovem que foi criado para desempenhar papéis femininos no teatro kabuki e como resultado, adquiriu muito maneirismos efeminados. O noivo de Haikara-san é Shinobu Ijuin, um segundo tenente no exército.

Yamato lançou o mangá na revista Shoujo Friend, de Kodansha, em 1975. A série terminou em 1977 e ganhou o primeiro prêmio Kodansha Manga para a categoria shoujo naquele ano. Kodansha publicou oito volumes do mangá.



A série anteriormente inspirou um anime de 42 episódios de televisão que foi ao ar de 1978 a 1979 da Nippon Animation, um filme de ação ao vivo, uma série de televisão live action e dois especiais de televisão live actions.



O mangá também está inspirando um novo projeto de filme de anime em duas partes. O segundo filme, intitulado Gekijoban Haikara-san ga Toru Zenpen - Benio, Hana no 17-sai, estreará no Japão em 11 de novembro. O segundo filme, intitulado Gekijoban Haikara-san ga Toru Kohen estreará em 2018.

A Takarazuka Revue realizou recentemente um musical para Rurouni Kenshin no ano passado. O grupo também já realizou versões de palco da Lenda dos Heróis Galácticos, Sengoku Basara, Jin, A Rosa de Versalhes, Lupin III e muito mais.

Fonte: AnimeNewsNetwork

Nenhum comentário: