10 de junho de 2017

Primeiras impressões: Sabaku no Harem

Aquele mangá com gostinho de 1001 noites.
Sabaku no Harem é um mangá de Yumeki Mitsuru que começou a ser publicado na LaLa DX, tendo 13 capítulos publicado na revista até migrar para a LaLa. Até o momento possui 5 volumes publicados no Japão. 



Sinopse:

Mishe é uma garota com  grande força de vontade, criada na pobreza e que chamou a atenção do príncipe Kallum. Uma vez que o príncipe determina que ela  “se tornará uma de suas concubinas”, começa as aventuras dela na realeza.













Impressões:

O mangá já me instigou desde a primeira vez que vi, por conta do lindo traço que é muito convidativo, então apensar de geralmente não gostar de mangás com harém (o que poderia ter me barrado no título) deu essa chance a ele.

O início:
Mishe é uma garota pobre, mas forte que acaba atraindo a atenção do príncipe Kallum. Desta forma, ela acaba se tornando uma das concubinas de seu harém.
E assim começa as aventuras de Mishe tentando se adaptar ao mundo do príncipe.

Mas é mesmo harém?


Apesar da sinopse e do próprio título te preparar para um clássico mangá de harém, a história se desenvolve de forma diferente, sendo focada na relação de Mishe e príncipe Kallum. Então, apesar de realmente haver um harém, não entra nesse estilo.

Por que ler?

O meu escritor favorito tem uma frase que se encaixa bastante aqui: “Gosto de histórias em que as mulheres salvam a si mesmas.” E isso foi exatamente o que mais me cativou no mangá.
A Mishe não é uma heroína de shoujo padrão. Ela não sonha com o amor e não espera que seu príncipe encantado a salve. Ela é forte e decidida. Ela luta pelo que acredita e quando seu relacionamento com o príncipe Kallum vai evoluindo, ela se esforça para ser útil e estar ao seu lado porque merece.



O príncipe também é uma surpresa agradável. A sinopse te faz imaginar que ele é um cara machista que vê as mulheres como objeto, afinal de contas, ele tem um harém. Mas desde o começo você vê que é absolutamente o contrário: ele é respeitoso,  gentil e respeita as opiniões das mulheres.
A dinâmica entre os dois é excelente e o mangá consegue balancear a comédia com o romance e a aventura. Isso e o ar de 1001 noites que a história mostra dão um tempero especial que faz com que você não queira parar de ler.



Onde encontrar para ler:

Português: Toshi wa Yume (Confira AQUI)


Texto: Tatá

Nenhum comentário:

Postar um comentário